Introdução

Apresentando o B4A

 

Apesar de o Java ser a língua franca do Android, não é o único caminho para criar aplicativos. Há sistemas como o PhoneGap, que pode tornar sites em aplicativos e existem ferramentas como Basic4Android(B4A), que pode oferecer outra abordagem.
B4A da Anywhere Software, é um completo sistema de desenvolvimento para fazer aplicativos Android, também conhecido como IDE ( Integrated Development Environment)- ou Ambiente de Desenvolvimento Integrado.  Ele usa a versão da popular linguagem de programação BASIC que pode ser familiar para alguns e outros acostumados com programas similares como o Visual Basic da Microsof.
Quando você cria um aplicativo no B4a, ele é automaticamente convertido em código Java usado pelo Android, e , então, o padrão Java é “empacotado” em um aplicativo android pronto para ser instalado.

Como obter o b4a e as ferramentas necessárias para o curso?

Para dar início aos trabalhos de desenvolvimento, você deverá possuir previamente instalado em seu computador as seguintes ferramentas:

1)- Oracle Java 8 or OpenJDK 11
2)- Android SDK + Required Resources
3)- B4A

Para instalá-las você deverá baixá-las e seguir rigorosamente as introduções de instalação contidas no link abaixo:

https://www.b4x.com/b4a.html

Depois de instalar as ferramentas, você terá que se decidir em qual modo irá rodar o seu aplicativo se no modo emulador ( daí você terá que instalar um programa emulador do android como genymotion, memu, dentre outros) ou se diretamente num aparelho smartphone com android ( daí você terá que habilitar o modo desenvolvedor no android do seu smartphone).

Para os exemplos usarei o emulador Genymotion versão 2.12.1. Nesse emulador você deverá criar um novo dispositivo virtual, onde você poderá visualizar seus aplicativos e talvez também será necessário fazer algumas configurações, caso o aplicativo desenvolvido no b4a, não rode de imediato no mesmo. Umas das configurações geralmente necessárias é apontar para o genymotion o caminho( path) correto do Android SDK, bastando para isso ir no genymotion em settings/ADB, marcar a opção (Use custom Android SDK Tools) e selecionar o caminho do SDK instalado seguindo as instruções do link passado. Outra configuração que também pode ser necessária, principalmente para usuários do Windows 10, é copiar o arquivo adb.exe da pasta do genymotion para dentro da pasta do Android SDK, substituindo o arquivo adb.exe que ali se encontra. Mas apenas faça isso senão conseguir rodar o aplicativo de imediato no genymotion.

 

Conhecendo o ambiente de Desenvolvimento

No B4A basicamente iremos nos utilizar do editor de código que é onde serão feitas as implementações e da janela do Visual Designer que é onde montaremos nosso layout ou tela. Abaixo vemos o editor de código que é visualizado já logo na abertura do programa b4a e suas principais seções.

 

Agora veremos abaixo um exemplo de abertura da janela Visual Designer que só é aberta somente depois de você salvar a aplicação, lembrando sempre de salvar tudo dentro de uma única pasta. Essa janela é um dos pontos fortes do b4a, pois em outras IDEs, geralmente é mais complicado de manipular. No Visual Designer qualquer pessoa pode elaborar um layout simples, adicionando botões e outros componentes e alterando suas propriedades.

 

Exemplos de utilização de ambos os recursos serão visualizados nas proximas aulas.

Bom curso!